Blackboard Brasil

A Blackboard é líder no setor de soluções de e-learning, atendendo 72% das 200 maiores universidades do mundo. Sediada em Washington, DC, conta com escritórios na América do Norte, Europa, Ásia, Austrália e América do Sul. Através de tecnologia inovadora, serviços e expertise, a Blackboard trabalha junto com seus clientes para construir a melhor experiência educacional. Hoje em dia educação e tecnologia andam juntos. Assista ao vídeo e entenda mais sobre nós.

Blackboard Brasil

A Blackboard é líder no setor de soluções de e-learning, atendendo 72% das 200 maiores universidades do mundo. Sediada em Washington, DC, conta com escritórios na América do Norte, Europa, Ásia, Austrália e América do Sul. Através de tecnologia inovadora, serviços e expertise, a Blackboard trabalha junto com seus clientes para construir a melhor experiência educacional. Hoje em dia educação e tecnologia andam juntos. Assista ao vídeo e entenda mais sobre nós.

26 de outubro de 2012

Blackboard é líder mundial em tecnologia para educação

As soluções da Blackboard proporcionam ferramentas que melhoram o engajamento e o interesse dos estudantes, além de estimular alunos a aprender de forma colaborativa. Possibilitam, assim, uma nova abordagem para o desenvolvimento da educação, seja em atividades acadêmicas, ou no relacionamento online entre a universidade e sua comunidade de estudantes, professores e funcionários. A Blackboard é uma plataforma de aprendizagem múltipla que apoia tanto softwares desenvolvidos comercialmente quanto soluções open source. Mas, mais do que uma empresa que oferece produtos e ferramentas, a Blackboard se tornou uma empresa de educação, que auxilia clientes com os desafios das mudanças decorrentes da tecnologia no comportamentais de seu público. Permitindo, assim, que milhares de instituições de ensino superior, K-12, profissional, empresas e organizações governamentais ampliem o ensino e a aprendizagem on-line, facilitem o comércio e a segurança no campus, e comuniquem-se mais eficazmente com as suas comunidades. Fundada em 1997, com sede em Washinton, Estados Unidos a empresa possui escritórios na América do Norte, Europa, Ásia e Austrália e é hoje uma líder global em tecnologia empresarial e soluções inovadoras que melhoram a experiência de milhões de estudantes e alunos de todo o mundo a cada dia. São mais de 10.000 clientes em instituições de ensino e, mais recentemente, 20.000 escolas que se integraram à carteira de clientes com a incorporação da Edline (www.edline.com). Um total de 72% das TOP 200 melhores universidades do mundo utilizam sistemas Blackboard. No Brasil, as soluções Blackboard já estão presentes em instituições como FGV, FAAP, Dom Cabral, IESB, ESPM, UNIP, UNICSUL, SENAC-SP, Insper, entre outros. Entre as soluções oferecidas estão as plataformas Learn, Collaborate, Mobile, Analytics e Connect. Conheça a empresa

9 de agosto de 2012

Blackboard Managed Hosting escolhida a Equipe de Suporte do Ano!

Estamos empolgados em compartilhar que a Blackboard Managed Hosting recebeu as mais altas honras como a “Equipe de Suporte do Ano” na décima premiação anual American Business Awards. A premiação aconteceu em 19 de junho, no Marriott Marquis Time Square, na cidade de Nova York, onde a Blackboard recebeu o Gold Stevie® Award.  Apelidada de Stevies, pela palavra grega que significa  “coroado”, a American Business Awards é a premiação mais importante dos Estados Unidos para as organizações que operam no país. A Blackboard foi eleita entre mais de 3.000 organizações indicadas de todos os tamanhos. Para a seleção da vencedora, as companhias foram julgadas por mais de 270 executivos por todo o país. Jason Minkoff, diretor-sênior do Managed Hostingand Support esteve presente para aceitar o prêmio.  “Foi um momento fabuloso e fiquei enaltecido de representar a Blackboard e ver nosso trabalho reconhecido entre os melhores no país.” Enquetes com clientes da Blackboard em 2011 e 2012 revelaram resultados sem precedentes em satisfação geral, disposição em recomendar e valor percebido nas soluções da Blackboard Managed Hosting.  “Esses resultados são um testemunho aos 250 especialistas dedicados espalhados por quatro continentes que oferecem suporte a mais de 1.000 clientes com hospedagem administrada”, declarou Minkoff.  “Pelo fato de nossa equipe ter habilidades tanto nos aplicativos da Blackboard quanto em projeto e gestão de infraestrutura, somos capazes de fornecer um suporte e um serviço técnico superiores aos nossos clientes.” afirmou ainda. Ano após ano, nossos parâmetros de suporte continuam a melhorar. Nos últimos dois anos, passamos a oferecer 99,9% de disponibilidade de rede e uma garantia adicional de desempenho de menos de dois segundo em latência de hospedagem.  No último ano, aprimoramos em 15% a nossa taxa de 7 dias para resolução de casos e a nossa taxa de 30 dias para resoluções subiu 5 pontos, alcançando 95%. Embora isso aconteça nos bastidores, estamos sempre trabalhando duro para dar suporte aos clientes Blackboard em suas iniciativas de aprendizado online.

5 de julho de 2012

Blackboard lança inscrições ilimitadas e acesso via dispositivos móveis para o CourseSites™

Sistema de cursos online grátis da Blackboard passa a ser disponibilizado através de dispositivos móveis

WASHINGTON, 23 de abril de 2012 A Blackboard Inc. apresentou hoje uma opção de inscrições livres para o CourseSites™, permitindo aos instrutores que liberem inscrições ilimitadas aos alunos. Assim, um número ilimitado de estudantes poderá se matricular nos cursos oferecidos através deste sistema online e gratuito. A companhia anunciou também que a plataforma CourseSites™ passa a estar disponível também através dos principais dispositivos móveis do mercado, possibilitando que mais de 200.000 usuários acessem a ferramenta através celulares e tablets. Com a opção de inscrições livres, qualquer número ou tipo de estudantes pode matricular-se no curso de um instrutor, o que faz do CourseSites uma plataforma ideal para iniciativas de ensino livre, iniciativas de apoio à comunidade e programas colaborativos de pesquisa, modalidade de ensino que vêm se tornando cada vez mais populares no mundo inteiro. “Durante a década passada o mundo tornou-se muito aberto ao aprendizado colaborativo” declarou o Dr. Curtis Bonk, professor de Educação na Universidade de Indiana, que está usando o CourseSites para lançar, neste mês, um curso livre sobre abordagens ao ensino online e ao método de aprendizagem colaborativa que privilegiem o aluno. “Com o CourseSites e outras iniciativas, a Blackboard dá um grande passo no sentido de promover oportunidades educacionais para além das fronteiras tradicionais.” O curso do Dr. Bonk é parte de uma nova série de cursos livres e gratuitos da Blackboard, centrada no ensino e no aprendizado por intermédio da tecnologia. Os cursos serão dados através do CourseSites e conduzidos por figuras de ponta nos campos de tecnologia instrucional e pedagogia, além de especialistas da Blackboard que compartilharão estratégias e abordagens de sucesso nas áreas de aprendizagem online, projeto de cursos e facilitação. A série de cursos e a disponibilidade de inscrições livres são parte do esforço contínuo da Blackboard em apoiar o interesse crescente em programas educacionais, que inclui oferecer amplos cursos livres e tornar mais fácil aos usuários criar, utilizar e encontrar cursos e conteúdos livres. No ano passado, o CourseSites pôde apoiar a publicação e o compartilhamento de cursos, sob a forma de recursos de educação livre e políticas para a Blackboard Learn™, a principal plataforma LMS da companhia, foram ajustadas para oferecer maior assistência à iniciativas livres. A nova assistência do CourseSites a dispositivos móveis permite aos usuários que acessem cursos e outras informações através dos dispositivos iOS™, Android™, Palm® webOS™ and BlackBerry®. O CourseSites também inclui agora uma integração que permite que os instrutores acessem cópias de seus Google Docs dentro de seus cursos e as sincronizem com mudanças feitas no. Lançado em 2011, o CourseSites é uma opção de curso gratuita e em nuvem, que tira vantagem da mais recente tecnologia da Blackboard em administração, colaboração pela Web e aprendizado móvel. O sistema é utilizado atualmente por mais de 30.000 instrutores de mais de 12.000 instituições em mais de 130 países, e pode ser acessado em inglês, espanhol, holandês, francês, alemão e português brasileiro. O sistema é popular entre instrutores que estejam interessados em experimentar com ensino e aprendizado online, em testar as mais recentes tecnologias de ensino e aprendizagem da Blackboard, ou que não tenham acesso a um sistema de administração de aprendizagem (LMS) em sua instituição. Com o apoio à inscrição livre, a Blackboard está trabalhando para posicionar o CourseSites como uma opção dinâmica para todos os tipos de ensino livre. Para mais informações sobre o CourseSites, por favor visite: http://www.coursesites.com. Sobre a Blackboard Inc. A Blackboard Inc. é uma líder mundial em tecnologia empresarial e soluções inovadoras que enriquecem a experiência de milhões de estudantes e alunos no mundo inteiro, todos os dias. As soluções da Blackboard permitem a milhares de organizações de ensino superior, primário e secundário, profissionais, corporativas e governamentais que ampliem o ensino e a aprendizagem online, facilitem a interação e a segurança dos campi, e comuniquem-se de modo mais eficaz com suas comunidades. Fundada em 1997, a Blackboard tem sua sede em Washington, D.C., com escritórios na América do Norte, Europa, Ásia e Austrália. FONTE: Blackboard Inc.

24 de Abril de 2012

Blackboard Fórum de Educação

Aconteceu na última quinta-feira, dia 12 de abril, o Blackboard Fórum de Educação, na ESPM em São Paulo. O evento, que teve transmissão ao vivo da UNIP, contou com a presença do Presidente de Negócios Internacionais Blackboard, Juan Lucca, do Gerente Geral da Blackboard no Brasil, Bruno Weiblen e da Vice-presidente da Blackboard, Katie Blot, entre os diversos palestrantes. O Blackboard Fórum de Educação iniciou com uma apresentação de Juan Lucca, tratando das mudanças que estão acontecendo com o público consumidor de educação e de como as instituições de ensino devem se posicionar neste contexto. As mudanças que aconteceram na comunicação como um todo, provocadas pelo surgimento e difusão de smartphones transformou as expectativas dos alunos de todo o mundo, além disso, o estudante que nasceu na era digital é diferente dos estudantes de “antigamente”. A tecnologia está mudando o comportamento da população, em especial dos jovens, inclusive em relação aos materiais de apoio. Esse fato pode ser comprovado pelas vendas de livros eletrônicos no Amazon, que já superam as vendas de livros físicos, números que tendem a aumentar exponencialmente até que todos os livros utilizados pelos estudantes estejam em leitores digitais e tablets. Levando em conta esta visão do macroambiente em que as necessidades de alunos são diferentes, o principal foco dos palestrantes foi referente à importancia do relacionamento com a comunidade acadêmica e das ferramentas utilizadas para facilitar e viabilizar este processo. A Blackboard oferece ferramentas que possibilitam uma nova abordagem para o desenvolvimento da educação, tanto para atividades acadêmicas, quanto para relacionamento online da universidade com a comunidade acadêmica. Além disso, Blackboard está se transformando em uma plataforma de aprendizagem múltipla que apoia tanto softwares desenvolvidos comercialmente quanto soluções open source. Juan Lucca destacou a presença da Blackboard na América Latina e falou destas mudanças no contexto da educação que vem ocorrendo globalmete. Katie Blot complementou  esta apresentação, mostrou que a Blackboard, mais do que uma empresa de produtos e ferramentas, buscou se transformar em uma empresa de educação, auxiliando clientes com os desafios destas mudanças,  e trouxe também novidades sobre os produtos Blackboard. Patrick Devlin, Vice-presidente de Vendas da divisão Blackboard Mobile, falou sobre produto o BlackBoard Mobile, com a palestra “o Campus no seu bolso. Acesso a qualquer hora e lugar”. Patrick afirma que os dispositivos móveis se tornarão a principal forma como nos comunicamos, e exemplifica que, atualmente, os jovens já não utilizam mais e-mail para se comunicar. Com os aplicativos, os celulares se tornaram ferramentas completamente diferentes de telefones. Ele ainda traz o exemplo do aplicativo “Instagram”, comprado recentemente pelo Facebook por 1 bilhão de dólares. Patrick fala do surgimento da Blackboard Mobile, que começou devido a uma necessidade da universidade de Stanford, de melhorar a forma de interação entre acadêmicos e serviços da universidade. A Blackboard oferece aplicativos customizados para universidades, atendendo às diferentes necessidades de cada instituição . Com um aplicativo de Vida no Campus, por exemplo, da Blackboard é possível colocar mapas dos locais da instituição. Os apps mobile não são meramente uma cópia do que existe no browser desktop, eles permitem uma série de novas funcionalidades, que só fazem sentido em celulares, pode-se por exemplo, utilizar os recursos de GPS do celular para indicar o local da sala de aula. Ele ainda oferece um teste do aplicativo, baixando o App Mobile Learn gratuitamente na AppStore. Escolha: Monument University. Usuário: bbstu e senha: stu. Yolima Ramírez falou do uso do Blackboard Collaborate na Pontificia Universidad Javeriana de Bogotá. Dividiu-se a implantação do BbCollaborate em na universidade em 3 fases: a primeira fase foi de capacitação dos funcionários, na segunda desenhou-se e elaborou-se o material de apoio, e na terceira capacitou-se os usuários finais. O foco da implantação do Blackboard Collaborate foi dar apoio às atividades acadêmicas presenciais. Ela colocou que uma das vantagens do Bb Collaborate é a integração com o Blackboard Learn, sendo que o Blackboard Collaborate oferece maior número de ferramentas e possibilidades de uso que outras ferramentas do mercado. Yolima encerrou sua fala dizendo que através do Collaborate é possível eliminar fronteiras e se aproximar dos alunos de uma maneira mais ágil e colaborativa. O Professor Dr. Carlos Fernando de Araujo Jr falou sobre inovação no Campus Virtual Cruzeiro do Sul, trazendo exemplos da aplicação dos produtos Blackboard desde a educação básica até o ensino superior. O Dr. Carlos exemplificou como as ferramentas foram utilizadas para auxiliar o relacionamento com alunos dos diversos níveis presentes em sua instituição de ensino, facilitando também a obtenção de feedbacks sobre as aulas e os cursos. A Cruzeiro do Sul também implantou um projeto de capacitação docente para estimular o melhor uso da tecnologia na educação. A Dra. Maritza Rondon apresentou o caso da Universidad Cooperativa da Colômbia, falando sobre como foi utilizada a plataforma Blackboard para a transformação acadêmica. Na Universidade, professores são replicadores da importância do uso da tecnologia na educação. Os alunos quando matriculados já possuem um perfil na Blackboard, tendo acesso a todos os materiais do curso, que são criados especialmente para a plataforma. Eduardo Salcedo, Diretor de Tecnologia da Informação da TEC de Monterrey, mostrou o  uso do Blackboard no Tecnológico de Monterrey: experiências após 12 anos. Eduardo afirma que  “a universidade Virtual nunca pode parar, por isto escolhemos a Blackboard. A Universidade Virtual nunca desliga, enquanto alguns alunos dormem nos EUA outros estão conectados na China”. Ele ainda cita o caso da grande gripe de 2009, quando os alunos não podiam ir ao Campus e diz que “o Blackboard Collaborate foi a nossa salvação”. Felipe Casaburi, Coordenador de TI do Senac São Paulo, tratou de particularidades tecnicas da migração para solução do Managed Hosting e da atualização do Blackboard no Senac. Sendo que, com o Blackboard o Senac buscou a convergência entre o ensino presencial e o ensino à distância da instituição. O vídeo com a transmissão do evento será disponibilizado em breve nos canais oficiais do Blackboard Brasil.

16 de Abril de 2012

A Blackboard é finalista do Prêmio Codie 2012 em diversas categorias

No início desta semana, fomos notificados pela Associação da Indústria de Software e Informação (Software & Information Industry Association – SIIA) de que vários de nossos produtos foram selecionados como finalistas para os Prêmios Codie 2012, em categorias de Ensino Secundário e K-12. Indicados pela primeira vez, como Edline e CourseSites foram reconhecidos, bem como produtos recém atualizados como Blackboard Learn e Mobile Learn. O McGraw Building Block Hill / Blackboard também passou para a próxima rodada de julgamentos. Estamos especialmente entusiasmados já que os educadores nos nomearam após demonstrações de produtos em primeira mão. Ser finalista em todas as categorias abaixo demonstra que a Blackboard está ajudando a melhorar muitos aspectos da educação. As categorias finalistas incluem: Blackboard Learn, Release 9.1, Pacote de Serviços 6 • Melhor Curso de educação secundária ou Sistema de Gestão de Aprendizado • Melhor Solução Instrucional de educação secundária Blackboard Learn Mobile • Melhor Uso Educacional de dispositivo móvel CourseSites • Melhor solução Interdisciplinar Edline Aprendizagem Sistema de Gestão da Comunidade • Melhor Solução Empresarial K-12 McGraw-Hill Building Block Blackboard • Melhor Solução Interdisciplinar Para obter uma lista completa dos finalistas nas categorias de Tecnologia da Educação viste o site da SIIA. Se você é um membro da SIIA, não se esqueça de votar a partir de agora até o dia 13 de abril! Parabéns a todos os finalistas!

4 de Abril de 2012

A Blackboard nomeia Charles Severance, Membro do Conselho da Fundação Sakai, para liderar as iniciativas da empresa com o Sakai

O fundador e idealizador passa a integrar a Equipe de Liderança da Blackboard WASHINGTON – 26 de março de 2012 – Hoje a Blackboard anunciou a nomeação de Charles Severance, líder experiente e um dos fundadores da comunidade Sakai, para uma função sênior de liderança ligada aos sistemas de gestão de aprendizagem (LMS) open source Sakai. A função de Severance é parte de um novo produto lançado pela Blackboard, o Blackboard Education Open Source Services, para oferecer o suporte necessário a instituições que utilizam sistemas de gestão de aprendizagem open source, como o Moodle e o Sakai. Esse novo produto inclui as equipes da Moodlerooms e da NetSpot, empresas adquiridas pela Blackboard e importantes fornecedoras de serviços e suporte a instituições que utilizam o Moodle. Severance trabalhou em diversas funções para aprimorar o projeto Sakai. Ele atuou como Diretor Executivo da Fundação Sakai e foi fundador e idealizador do Sakai Project. Atualmente, é Membro do Conselho da Fundação Sakai e trabalha como Professor Associado da Faculdade de Informação da Universidade de Michigan. “Estamos felizes em receber o Chuck em nossa equipe”, declarou Michael L., CEO da Blackboard. “Ele tem atuado de forma incansável nas comunidades de padrões e tecnologias de aprendizagem, e traz agora todo o seu conhecimento e suas ideias para a Blackboard, o que certamente será de extrema importância no suporte às instituições que utilizam o Sakai.” Além de sua atuação na comunidade Sakai, Severance tem sido um defensor dos padrões abertos na tecnologia da educação e tem trabalhado diretamente com o IMS  Global Learning Consortium como parte desse esforço. “A Blackboard vem fazendo um trabalho extraordinário e desafiando noções pré-concebidas de como as empresas podem agregar valor real à indústria”, disse Severance, que será Diretor de Estratégias Sakai na Blackboard. “Estou ansioso para começar a trabalhar o novo foco e os investimentos em open source da Blackboard para conferir novo valor às instituições que utilizam o Sakai.” Severance é autor de diversos livros, entre eles, Sakai: Free as in Freedom, onde ele descreve o início do projeto open source Sakai. Para maiores informações, entre em contato conosco.

30 de Março de 2012

Blackboard lança Open Source Services Group

Empresa apoiará tanto sistemas comerciais quanto open source WASHINGTON – 26 de março de 2012 – A Blackboard Inc. anunciou hoje o lançamento do Blackboard Education Open Source Services, nova iniciativa para oferecer o suporte necessário aos clientes que utilizam tecnologias de educação open source. Segundo o anúncio, a empresa continuará focando em sua plataforma Blackboard Learn™, assim como na ANGEL e na Edline, enquanto auxilia instituições a gerenciar seus sistemas de gestão de aprendizagem (LMS) open source, incluindo o Moodle e o Sakai. Esse movimento complementa o foco já existente da Blackboard no que se refere ao suporte de toda a experiência educativa com produtos e serviços para a gestão da aprendizagem, assim como para a mobilidade, a colaboração em tempo real, aspectos analíticos, serviços e avisos no campus, entre outras necessidades. A Blackboard já atende centenas de instituições que utilizam o Moodle, o Sakai e demais sistemas LMS em conjunto com outras soluções de educação. Ao ampliar seu foco para incluir opções open source, a Blackboard passa a atender a uma variedade de abordagens de aprendizagem online e a auxiliar instituições a aumentar o valor gerado com tecnologias de todos os tipos. “Queremos oferecer suporte às iniciativas de ensino e aprendizagem onde quer que elas estejam acontecendo no mundo todo, e a ação que anunciamos é a extensão natural dessa perspectiva”, afirmou Ray Henderson, Diretor de Tecnologia e Presidente de Plataformas Acadêmicas da Blackboard. “O crescimento da aprendizagem online resultou em diferentes abordagens. Estamos ansiosos por oferecer suporte àqueles que utilizam um mix de opções e empregar a experiência obtida trabalhando com tantas instituições para garantir o suporte adequado às diferentes etapas da experiência educativa.” O Blackboard Education Open Source Services será coordenado por equipes de duas das maiores fornecedoras de serviços para instituições que utilizam o Moodle: a Moodlerooms e a NetSpot. Ambas as empresas foram adquiridas pela Blackboard, mas deverão operar de forma independente para oferecer o suporte necessário aos seus clientes. A Blackboard também anunciou a entrada de Charles Severance, fundador e idealizador do Sakai Project e atual Membro do Conselho da Fundação Sakai, para guiar os esforços da empresa no suporte aos clientes que utilizam o Sakai. Os líderes da Blackboard, da Moodlerooms e da NetSpot assinaram uma Declaração de Princípios afirmando que seu trabalho daria continuidade às diversas iniciativas apoiadas pela Moodlerooms e pela NetSpot, incluindo contribuições em termos de códigos de software à comunidade open source, apoio financeiro ao Moodle Trust e auxílio para os encontros da comunidade, como o Moodlemoots. O anúncio segue uma série de medidas adotadas pela Blackboard a fim de promover maior abertura na área da educação. A empresa aumentou a abertura de seus próprios sistemas e políticas e tem atuado ativamente no apoio a padrões abertos por meio do IMS Global Learning Consortium. Para maiores informações, entre em contato conosco.

30 de Março de 2012

A Blackboard adquire a Moodlerooms e a Netspot

Empresa agora é uma das maiores prestadoras mundiais de serviços open source de educação A Moodlerooms e a NetSpot continuarão operando de forma independente WASHINGTON – 26 de março de 2012 – A Blackboard Inc. anunciou hoje um grande investimento em open source com a notícia de que adquiriu a Moodlerooms e a NetSpot, duas importantes empresas do setor de soluções em aprendizagem online open source para a indústria da educação. Ambas as organizações continuarão operando de forma independente para dar todo o suporte necessário aos seus clientes. A Moodlerooms e a NetSpot são Moodle Partners oficiais e cada uma delas continuará seus programas atuais de suporte sem qualquer mudança em suas lideranças ou modelos de suporte e serviço. Além disso, cada equipe também passará a integrar o novo grupo Education Open Source Services da Blackboard, focado no suporte ao uso e ao desenvolvimento de tecnologias globais de aprendizagem open source. Os líderes dessas empresas estiveram recentemente em Perth, na Austrália, para encontrar Martin Dougiamas, fundador do Moodle e Diretor-Gerente da Moodle Pty Ltd, e apresentar seus planos. No encontro, estavam presentes o CEO da Blackboard, Michael Chasen, e seu Diretor de Tecnologia, Ray Henderson, o CEO da Moodlerooms, Lou Pugliese, e seu idealizador, Tom Murdock, além do Diretor-Gerente da NetSpot, Allan Christie. “Em um primeiro momento, a decisão da Moodlerooms e da NetSpot de trabalhar sob a marca Blackboard pode parecer estranha a qualquer um da área”, afirmou Martin. “Entendo, no entanto, que essas três empresas têm planos interessantes e sinergias. Estou feliz em declarar que a Moodlerooms e a NetSpot permanecerão sendo Moodle Partners e prometeram continuar prestando serviços ao Moodle, participando da comunidade e contribuindo financeiramente com o Moodle, exatamente como sempre fizeram.” Ambas as empresas oferecem hospedagem, suporte, produtos e serviços de consultoria a clientes que utilizam sistemas open source, incluindo o sistema de gestão de aprendizagem do Moodle (LMS) e o portfólio online de produtos da Mahara. A NetSpot também presta serviços autorizados e é revendedora da Blackboard Collaborate™. A maior parte dos clientes da Moodlerooms está na América do Norte, enquanto a NetSpot atende clientes na Austrália, na Nova Zelândia e na região Ásia- Pacífico. “Tanto a Moodlerooms quanto a NetSpot construíram uma forte reputação relacionada à elevada qualidade em serviços e suporte, característica esta em total conformidade com nosso foco nessas áreas e nosso comprometimento em oferecer serviços LMS e de hospedagem no mundo todo”, afirmou Henderson, Diretor Técnico e Presidente de Plataformas Acadêmicas da Blackboard. “Essa direção nos permite oferecer a escolha de uma alternativa open source com a vantagem de contar com uma equipe de líderes da comunidade open source para guiar nossas contribuições e condutas.” Os líderes da Moodlerooms, da NetSpot e da Blackboard assinaram uma Declaração de Princípios afirmando que seu trabalho continuará incluindo contribuições regulares à comunidade open source na forma de códigos, apoio financeiro ao Moodle Trust e auxílio para os encontros da comunidade, incluindo o Moodlemoots. “Essa parceria representa um momento histórico para a nossa empresa, para os nossos clientes e para toda a comunidade open source”, disse Pugliese, CEO da Moodlerooms de Baltimore. “Nossa empresa se organiza em torno de princípios de acessibilidade, abertura e sustentabilidade. Trabalhar com a Blackboard significa que os clientes que utilizam um ou mais sistemas LMS podem fazer muito mais com menos, investindo, assim, na interoperabilidade e na maior integração entre os produtos. Nosso trabalho continuará enviando parcela significativa de nossa receita diretamente à equipe central do Moodle para contribuir com o aperfeiçoamento desse produto aberto e gratuito.” “Esses investimentos na comunidade open source são muito interessantes. Juntos faremos o projeto Moodle avançar, o que resultará em opções mais robustas para todos os clientes”, disse Christie, Diretor-Gerente da NetSpot de Adelaide. “Nossa empresa oferece um modelo que mescla as vantagens do open source à elevada qualidade de serviços e suporte. Esperamos que, trabalhando como uma só equipe, este investimento seja bom para os clientes da NetSpot e melhor ainda para o Moodle.” Para saber mais, entre em contato conosco.

30 de Março de 2012

Blackboard debate educação digital

A Blackboard, multinacional voltada para produção de softwares e plataformas para educação, promove o Blackboard Fórum de Educação, na quinta-feira, 12, das 8h às 18h, na ESPM (Rua Dr. Álvaro Alvim, 123), em São Paulo. Data de publicação: 29/03/2012 Veículo: Baguete

29 de Março de 2012