7 dicas para deixar o seu treinamento de EAD para empresas mais atrativo

O treinamento EAD para empresas está se tornando uma prática comum por ampliar o alcance das capacitações, reduzir custos e ainda adaptar todo o processo às necessidades da empresa e seus colaboradores. Entretanto, nem todas as experiências com esse tipo de atividade são efetivas e acabam não impactando em melhorias reais de performance para o negócio.

Para minimizar esses riscos, separamos 7 dicas para deixar o seu treinamento a distância mais atrativo:

1. Entenda e aproxime-se do seu público

Saber como tratar seu público, qual linguagem utilizar e quais meios de capacitação são mais eficazes se torna essencial na hora de planejar um programa de EAD para empresas. Além disso, é fundamental estar próximo do seu público, entender suas necessidades, seus hábitos, a fim de oferecer um treinamento com um conteúdo que realmente desperte o interesse e incentive o engajamento.

Esse tratamento diferenciado acaba por criar uma conexão emocional com o público, fazendo com que todo o processo de e-learning se torne mais amigável para os participantes e os motive ainda mais a aprender.

2. Crie títulos que despertem a atenção do seu público

Criar títulos pode parecer uma tarefa fácil, mas não é. O título é a primeira impressão que a pessoa vai ter do seu curso ou treinamento, ou seja, a informação contida ali precisa ser simples e impactante.

O nome de um treinamento pode despertar a atenção de várias formas: fazendo um questionamento que envolve o dia a dia do público, gerando curiosidade sobre um tema, trazendo dados atuais de mercado, etc. O fundamental é que a estratégia traga sempre um conteúdo relevante, na linguagem de quem você pretende atingir.

3. Personalize seus cursos

A personalização de cursos pode imprimir um diferencial bastante interessante nas iniciativas de treinamento a distância. Alinhar conteúdo e formato aos objetivos da empresa e às necessidades dos colaboradores torna a oferta mais atrativa, já que o participante percebe uma relação direta com a sua prática profissional.

Com a proposta de treinamentos customizados, empresa e colaboradores são beneficiados, pois essa experiência exclusiva implica em maior engajamento e, consequentemente, em maior performance.

4. Invista no visual

A visão é o sentido que mais utilizado pelo ser humano, em razão disso, a aparência de qualquer produto interfere significativamente na avaliação de sua qualidade.

Quando falamos em treinamento a distância, o visual da plataforma EAD é um dos pontos mais discutidos no momento da avaliação dos usuários, que ressaltam a grande quantidade de links desnecessários, a aparência nada chamativa e a navegação complexa como aspectos que prejudicam muito o engajamento num curso ou treinamento.

Investir no design pode deixar a plataforma mais simples, objetiva e fácil de navegar, proporcionando ao participante uma experiência positiva e, assim, mais envolvimento e satisfação com aquilo que está sendo oferecido.

5. Torne a experiência colaborativa

Tornar a experiência colaborativa trabalha diversos aspectos sociais do aluno, já que, ao interagir com as outras partes envolvidas num curso ou treinamento (instrutores e colegas), é possível aprender além do conteúdo transmitido.

Um treinamento a distância que permite ao usuário aprender colaborativamente desenvolve o pensamento crítico, competências comportamentais e o espírito de equipe, trazendo benefícios significativos não apenas para o profissional, mas como para o ambiente no qual ele está inserido.

6. Alie teoria e prática

Propor desafios práticos ao participante é uma ótima maneira de tornar o treinamento a distância mais atrativo. Aliar teoria e prática eleva o nível de atenção e de engajamento do colaborador, já que ele consegue aplicar de imediato em sua rotina todo o conhecimento adquirido no processo de capacitação.

Numa rotina profissional cada vez mais dinâmica, cursos e treinamentos com etapas teóricas exaustivas e pouca relação com o dia a dia do profissional acabam acarretando num baixo nível de frequência do aluno e até a sua evasão. Por isso, é essencial desafiar os participantes a saírem de sua zona de conforto.

7. Esteja presente

Para que o treinamento a distância seja de fato eficaz, acompanhar o desempenho do colaborador se torna fundamental. Ao monitorar o usuário ao longo de todo o processo de e-learning, compreende-se melhor seu comportamento e suas dificuldades, sendo possível a implementação de ações que o mantenha motivado a aprender e tornem seu progresso mais fácil.

Você já parou para pensar se as capacitações realizadas na sua empresa são atrativas? Fez algum exercício simples para avaliar a eficácia dos seus treinamentos online? Baixe o nosso quiz e avalie! Aproveite também para conhecer as nossas soluções EAD. A nossa missão é tornar as iniciativas da sua empresa ainda mais satisfatórias.