Escola Nacional de Seguros: Capacitação e habilitação para corretores de seguros onde estiverem

Autonomia na organização dos estudos, redução do deslocamento até o estabelecimento
de ensino, acesso a escolas de outras regiões e menor custo são alguns dos fatores que atraem
alunos à educação a distância. Isso, aliado à facilidade de acesso às tecnologias, tem acelerado
a urgência de as instituições se adaptarem à nova realidade, aumentando a necessidade
de oferta de cursos EAD. Atender a essa demanda foi um dos principais incentivadores para que
a Escola Nacional de Seguros (ENS) optasse pelo Blackboard Open LMS. A migração para
a plataforma ocorreu no segundo semestre de 2018 e cerca de 14 mil alunos já acessaram
o ambiente de estudos desde então.

A Escola Nacional de Seguros presta serviços de capacitação e habilitação para o mercado
segurador. É a única instituição no Brasil apta a habilitar corretores de seguros. Oferece também
cursos de certificação técnica para áreas específicas dentro de seguradoras e corretoras, além
de cursos gratuitos para este mercado. O objetivo principal da ENS é difundir conhecimento,
seja no ensino presencial ou na EAD.

Nesse sentido, o ano de 2018 foi especialmente importante para a Escola Nacional de Seguros.
A fundação teve a primeira pós-graduação 100% online autorizada pelo Ministério da Educação:
MBA em gestão de seguros e resseguros. Para dar suporte ao forte crescimento digital
planejado, decidiu trocar todas as ferramentas utilizadas até então por uma plataforma única,
o Blackboard Open LMS.

Obstáculos ao crescimento

Com um intenso projeto de expansão no ambiente digital, a Escola Nacional de Seguros passou
a sentir necessidade de investir em uma nova plataforma que pudesse dar suporte para
o ensino presencial e funcionar como ambiente virtual de aprendizagem na educação
a distância. Até a migração para o Blackboard Open LMS, a ENS utilizava o Moodle 1.9, uma
versão ultrapassada da solução educacional. Para superar as limitações, passaram a agregar
diversos outros produtos que saneassem problemas pontuais. Assim, eram necessárias
diferentes ferramentas para que os cursos e certificações ocorressem.

Antes do Grupo A, outras empresas tentaram adaptar suas soluções para a Escola Nacional
de Seguros, sem, no entanto, obterem sucesso. Para a ENS, o suporte é fundamental,
principalmente em momentos críticos, e outras empresas falharam neste ponto.
“Com conhecimento profundo do mercado, o Grupo A tem recursos para atender a ENS
da forma que precisamos. Enquanto concorrentes já mostraram problemas ainda na fase
de testes e desistiram do nosso projeto, o Grupo A esteve presente durante todo o processo”,
explica Gustavo Borges, gerente de planejamento e Escola Virtual.
Manter o histórico dos dados de todos os alunos que já estudaram na fundação e fazer
a mudança dentro do prazo enxuto foram dois fatores que aumentaram a complexidade
da migração.

Quando migramos, nossa plataforma anterior estava defasada. O upgrade veio porque
a demanda começou a aumentar e não tínhamos infraestrutura nem recursos necessários.
O Blackboard Open LMS e o suporte do Grupo A agregaram muito a nossa área de educação
a distância”, resume Matheus dos Santos, da Escola Virtual da ENS.

 

Migração rápida e intensiva

Após a aproximação com o Grupo A e a decisão pelo Blackboard Open LMS, foi feita a migração para a nova plataforma. Segundo o núcleo virtual da ENS, havia muitos dados sem utilidade armazenados no antigo Moodle que foram enviados para o Open LMS juntamente com o histórico dos alunos. Afinal, eram sete anos de uso do mesmo ambiente sem
atualização alguma.

Foram duas semanas incansáveis para estabilizar a ferramenta, reuniões constantes com o Grupo A. A migração aconteceu enquanto os alunos utilizavam nossa plataforma e próxima a uma certificação muito importante de habilitação de corretor. Mesmo com todos esses pontos
de atenção, a implantação foi excelente, não existe ponto algum a reclamar”, conta Matheus.

Desde agosto, a escola passou a rodar todos os cursos online no novo ambiente e a utilizar o Blackboard Open LMS como suporte às aulas presenciais. Para a ENS, a migração foi bem-sucedida e o pós-projeto está rodando muito bem. “Já notamos
uma expressiva melhora do suporte e a operação ficou mais fácil.

Novos objetivos com o uso do Blackboard Open LMS

A intenção inicial da ENS era manter concentradas no Blackboard Open LMS as entregas que,
antes, necessitavam de diferentes ferramentas. Para isso, primeiro, estabilizaram a plataforma,
integraram os recursos e limparam o histórico de dados. A partir do próximo semestre, planejam
aperfeiçoar o uso da solução educacional, investindo no tema SNAP, que melhora a experiência
de uso, é responsivo e otimizado para dispositivos móveis.

Também desejamos explorar ainda mais o Collaborate (ferramenta de webconferência nativa do Blackboard Open LMS), um recurso que a gente não tinha. Já temos conhecimento necessário para utilizá-lo tanto nas aulas presenciais quanto na EAD. Investiremos em webinars
e aulas em tempo real, com a vantagem de que agora os tutores não precisam estar na escola”, planeja Gustavo.

Os aperfeiçoamentos acontecerão simultaneamente a novos cursos oferecidos pela fundação. O Curso de habilitação de corretor também será lançado no modelo híbrido, com 70% online, e utilizará muitos recursos visuais para impactar positivamente os alunos mais exigentes. Outros dois cursos 100% EAD, o MBA de gestão de seguros e resseguros e a Graduação tecnológica em gestão de seguros, irão utilizar muitos recursos do Blackboard Open LMS.

Benefícios do Blackboard Open LMS          
para os alunos
• Melhor experiência e usabilidade;
• Utilização de recursos mais amplos;
• Navegabilidade mais rápida
e simplificada.

E para a instituição
• Suporte sempre que necessário;
• Estabilidade;
• Plataforma sempre atualizada, sem defasagem;
• Economia.