Um encontro para compartilhar conhecimento

Alexandre Schneider, do Grupo Laureate, apresenta customizações avançadas para Learn

Alexandre Schneider, do Grupo Laureate, apresenta customizações avançadas para Learn

Um encontro para promover o senso de comunidade e parceria entre os clientes. O Encontro da Comunidade Blackboard acontece hoje, até as 17h, incentivando a comunicação entre instituições.

“Fico extremamente feliz ao perceber que este evento cresce a cada ano”, disse Pavlos Dias, gerente nacional da Blackboard, na abertura da agenda do dia.

Um pequeno contratempo com o voo de Katie Blot alterou a programação, que, no entanto, não foi em nada prejudicada. A primeira palestra, de Maurício Ribeiro, apresentou uma nova área do Grupo A: Sucesso do Cliente, que atua em três diferentes frentes, adoção, desenvolvimento e suporte.

“Trata-se de um time vertical, que inclui pessoas de diferentes unidades para que o Grupo A mantenha um ciclo contínuo de acompanhamento do cliente semestre após semestre”, explicou Ribeiro.

Já Gabriel Cavalcante reforçou que a área de Sucesso do Cliente dá uma capacidade maior para atender ao cliente e as suas necessidades de forma integral.

Níveis diferentes de maturidade de uso das ferramentas Blackboard

 

Dois clientes de longa data da Blackboard apresentaram suas customizações das ferramentas, demonstrando a capacidade de adaptação que a solução possui. Alexandre Schneider, do Grupo Laureate – cliente desde 2005 –, diz que um dos objetivos do investimento em personalização é mostrar para o aluno que ele não está sozinho.

“Antes de pensarmos em melhorias, nos questionamos sobre o que é melhor para os diferentes perfis de alunos que possuímos em nossas instituições, para então tentarmos solucionar suas dificuldades. “, contou Schneider sobre a importância da fase de planejamento.

No Grupo Educacional Cruzeiro do Sul, cliente Blackboard desde 2003, o foco é gerar o senso de pertencimento em toda a comunidade acadêmica.

“Envolver as equipes também gera o pertencimento de cada um na construção do coletivo”, explicou Marcos Ota, coordenador do núcleo de produção e desenvolvimento de materiais didáticos na Cruzeiro do Sul Virtual.

Finalizando a manhã, Alberto Maixner, engenheiro de Soluções da Blackboard Internacional, apresentou a aprendizagem baseada em competências, uma transposição do modelo tradicional de sala de aula em prol de uma estrutura que crie flexibilidade.

“A aprendizagem baseada em competências aumenta a empregabilidade, dá mais clareza sobre o conhecimento do aluno em um conjunto de competências e é mais flexível, além de inclusiva, já que pode ter menor custo para o estudante”, apresentou Maixner.

Após a pausa para o almoço, o Encontro da Comunidade Blackboard continua, a partir das 13h45.

Deixe uma resposta

O Grupo A é representante exclusivo do Blackboard no Brasil.