Tecnologia para a educação colabora para a criação de novos espaços de aprendizagem

Novos espaços de aprendizagem

O investimento em diferentes tecnologias por parte das instituições de ensino tem provocado uma revolução das salas de aula. Ambientes digitais e novos espaços de aprendizagem para professores e alunos facilitam a aplicação de metodologias diversificadas e incentivam o protagonismo dos alunos ao longo de sua formação. Na Rede Marista de Colégios, aulas presenciais são combinadas a interações em ambientes virtuais, com o objetivo de promover melhores experiências de aprendizagem para estudantes e educadores.

Leia também:
> 7 etapas para capacitar professores em novas ferramentas tecnológicas
> Como escolher o Sistema de Gestão da Aprendizagem ideal?

De acordo com Caroline Serqueira, coordenadora educacional da Diretoria Executiva da Rede de Colégios (DERC), os ambientes digitais favorecem a expansão da sala de aula para além do espaço físico, ampliando as possibilidades de interação, colaboração, engajamento e produção de conhecimento. Dessa forma, geram recursos para que professores realizem mediações mais qualificadas para o processo de ensino e aprendizagem.

– Esse movimento gerou iniciativas por meio de diferentes metodologias, que projetam os estudantes como protagonistas de suas aprendizagens – afirma.

Nesse sentido, mais do que um local online para abastecimento de conteúdos complementares às atividades de sala de aula, diversos colégios da Rede Marista têm encontrado no Sistema de Gestão da Aprendizagem (LMS) Blackboard Learn recursos para compartilhar informações, realizar projetos e promover a aprendizagem em rede, além de possibilitar que o aluno acompanhe seu próprio desempenho acadêmico.

Novos espaços de aprendizagem permitem construção conjunta de conhecimento

Os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental dos Colégios Maristas de Goiânia (GO), Ribeirão Preto (SP) e Pio XII, de Ponta Grossa (PR) nunca se encontraram pessoalmente, mas estão construindo conhecimento em conjunto por meio da plataforma Blackboard.
O projeto “Nossas Histórias” faz parte de uma atividade interdisciplinar de Língua Portuguesa, História, Geografia e Ensino Religioso e possibilita que as crianças produzam relatos sobre seu cotidiano, história de vida familiar e sobre sua cidade, compartilhando os conteúdos e comparando com os de colegas das outras localidades. Assim, percebem-se como agentes da própria história e desenvolvem percepção sobre seu posicionamento no mundo.

Os conteúdos produzidos são publicados em um blog dentro do LMS, reunindo informações que explicitam também as diferenças e proximidades culturais de cada região, já que as escolas estão em estados distintos. Ler e comentar os textos já produzidos pelos colegas, interagindo com as histórias, faz parte das atividades em turma, durante as aulas nos laboratórios de informática.

Segundo a coordenadora de tecnologia do Colégio Marista de Goiânia, Joicilany Costa, os alunos estão entusiasmados com o projeto.

– Estamos desenvolvendo narrativas de uma maneira divertida, as crianças ficam surpresas com as diferenças nos hábitos, no tipo de culinária. É uma troca muito rica – acredita.

Ensino personalizado

As atividades realizadas no Blackboard Learn possibilitam aos estudantes acompanhamento contínuo e personalizado de seu desempenho. Os professores do Ensino Fundamental II do Colégio Marista de Goiânia já estão explorando de maneira ainda mais profunda as novas relações que a solução tecnológica oferece.

Por meio do LMS, eles têm acesso às informações geradas a partir das atividades realizadas pelos estudantes, que possibilitam identificar necessidades individuais e coletivas. A mediação dos professores passa, então, a ser mais direcionada, indicando alternativas de recuperação e ampliação dos conteúdos, respeitando tempo e ritmo de cada aluno. As aulas também passaram a ser planejadas de acordo com as necessidades identificadas, qualificando cada vez mais o relacionamento entre professores e alunos.

Deixe uma resposta

O Grupo A é representante exclusivo do Blackboard no Brasil.