Quebrando paradigmas: entrevista com José Luiz Trinta, diretor de negócios do Ibmec

Mostrar que as Universidades só têm a ganhar com a implementação do Ensino a Distância (EAD) é um grande desafio. O diretor de negócios do Instituto Brasileiro de Mercado dJosé TrintaCapitais (Ibmec),José Luiz Trinta, relata a experiência da instituição no mercado de educação online, hoje, no Ciclo de DebatesDesafios da Educação, com a palestra IBMEC ONLINE: Mudando o paradigma do eLearning através das plataformas Blackboard. Trinta conversou com o blog Desafios da Educação sobre EAD e como a tecnologia ajudou a quebrar antigos preconceitos no Ibmec:

Qual é o maior desafio que a educação enfrenta hoje?
Difícil elencar um desafio maior em um país tão grande e com uma multiplicidade de realidades. Mas um grande desafio perene na educação é entender as demandas e preparar a oferta, seja de conteúdo, seja de didática, seja de elementos físicos e virtuais de ensino. Cada vez mais temos pessoas entrando no ensino superior. Por isso, estamos investindo em EAD e convênios internacionais. Com relação ao EAD, o desafio é quebrar preconceitos, mostrando que a tecnologia pode estar mais presente e ser um instrumento que melhora as condições e a qualidade de aprendizado.

Qual é a importância do Ensino a Distância no país?
Em um país de dimensões continentais, eu arrisco a apontar o ensino a distância como fundamental. Não é possível levar educação a todos os lugares de forma física e presencial. A Rússia, que é um país tão grande quanto o Brasil, é um dos mais avançados no ensino a distância. Não é possível crescer sem usar o EAD. O maior desafio de administrar um curso de pós-graduação, por exemplo, são os professores e a logística.

Conte um pouco da experiência do Ibmec com as plataformas Blackboard.
O Ibmec investe em educação a distância há quatro anos. Somos novos nisso e foi ano passado que decidimos usar o elearning para a melhoria do aprendizado. Temos MBA e cursos para o público em geral. Utilizamos as ferramentas da Blackboard há 10 meses. Foi a implementação mais rápida do Brasil, o processo foi muito veloz. Ajudou-nos a quebrar antigos preconceitos, como: o “elearning não tem qualidade de um curso presencial”, “não tem a interação”, “não tem o networking”, “o aluno do EAD quer estudar menos”, etc.

Quais os desafios de gerir uma equipe voltada para esse tipo de aprendizagem?
Para mim são os mesmos da equipe presencial. O professor do EAD está sempre voltado à inovação e traz muitas ideias que podem ser executadas. Às vezes, o professor presencial está mais apegado a determinadas crenças e valores, mas de maneira geral se adapta com facilidade. No Ibmec, a equipe é formada por pessoas que tem qualificação para trabalhar com educação a distância. Alguns dos professores presenciais também são tutores de disciplinas EAD. Muitos já conhecem as plataformas: nós recebemos mais curiosidade do que resistência.

E você, também acredita que o EAD será um dos protagonistas da educação nos próximos anos?

Quer continuar a discussão por email? Cadastre-se na nossa newsletter Desafios da Educação clicando neste link.

Fonte: Desafios da Educação

FAÇA UM COMENTÁRIO

O que é preciso para ser um professor aprendiz?

Ser professor não é tarefa fácil. São horas gastas em planos de aula, avaliações e auxílio aos estudantes. Com o foco totalmente voltado para o aprendizado dos outros, muitos professores têm dificuldades de se concentrar em sua própria aprendizagem, mesmo sabendo que a qualificação é uma prioridade.

A pesquisa Horizont Report 2013 alerta: um dos maiores desafios da educação até 2018 é a capacitação de professores. Antes de investir em cursos de reciclagem, o docente precisa trabalhar uma postura mais aberta com relação ao próprio aprendizado, que o permita compreender o contexto cultural que a sociedade vive e as mudanças de comportamento causadas pelas novas tecnologias. É hora de o mestre voltar a ser aprendiz!  Por esse motivo, inspirados no blog Edudemic, separamos algumas dicas que podem ajudar educadores e gestores a preparar essa mudança:

Para tornar-se um professor aprendiz é preciso…
> Saber que a informação deve ser sempre compartilhada e acessível.
> Compreender que as pessoas devem aprender constantemente.
> Entender que erros ou falhas não são punidos, mas vistos como parte do processo de aprendizagem.

O que um professor aprendiz deve fazer?
Valorizar a busca por capacitação como parte da sua carreira.
Participar de programas de aprendizagem contínua para ampliar sua base de conhecimento, ajudando assim os colegas e a universidade, tornando o ensino mais eficaz.
Promover, facilitar e recompensar o aprendizado coletivo.
Avaliar de maneira de global seu plano de aula, levando em conta o curso como um todo.

Quais os benefícios da manutenção de uma cultura de aprendizagem para educadores?
Incentiva a inovação.
Permite que a universidade mantenha e atraia os melhores professores e funcionários.
Promove uma sensação de valorização de toda a equipe.
A troca de informações é benéfica para todos os funcionários.
Todos são encorajados a melhorar suas habilidades e qualidades pessoais.

Você concorda com os pontos acima? Que outros itens acrescentaria à lista?

Para compartilhar experiências em ensino a distância com líderes em Educação e Tecnologia,inscreva-se na edição do Rio de Janeiro do Ciclo de Debates Desafios da Educação. O evento acontece dia 23 de outubro, no Everest Rio Hotel. As vagas são gratuitas e limitadas.

Quer receber nossos posts e novidades por email? Cadastre-se na nossa newsletter Desafios da Educação clicando neste link.

Fonte: Desafios da Educação

FAÇA UM COMENTÁRIO

Ciclo de Debates Desafios da Educação chega ao Rio de Janeiro

O que é preciso para ensinar em um mundo cada vez mais conectado?

No próximo dia 23, acontecerá no Everest Rio Hotel, em Ipanema, no Rio de Janeiro-RJ, o Ciclo de Debates Desafios da Educação. O evento que irá reunir líderes e gestores de instituições de ensino, tem como objetivo, além de responder esta questão, debater sobre tecnologia e educação. A ideia é levar a discussão para os especialistas, os quais podem compartilhar suas experiências inovadoras.

Promovido pela Blackboard Brasil e pelo Grupo A – representante exclusivo da marca no país, o Ciclo de Debates busca construir novas formas de entender e atender as necessidades e os anseios de um aluno conectado e cada vez mais ativo no processo de aprendizagem.

Confira a programação que irá se estender durante toda a manhã do dia 23 de outubro, e que irá contar com a presença de três palestrantes:

8h- Credenciamento
Entrega do material e café da manhã

8h30- Palestra de Abertura
Representante de uma instituição, líder no mercado educacional

9h15- Caso Blackboard
Caso prático da implementação das soluções Blackboard em uma instituição de ensino

10h- Intervalo
Networking
Será oferecido um coffee break para os participantes

10h30- Educação em um futuro não tão distante
Tendências em tecnologia e educação

11h- Painel de Debates
Discussão do tema em conjunto com os palestrantes e participantes

12h- Encerramento
Agradecimento da presença

As vagas para o Ciclo de Debates Desafios da Educação são limitadas: garanta a sua, inscreva-se!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Ciclo de Debates Desafios da Educação em Fortaleza


Fortaleza receberá, no dia 10 de abril, a série de palestras sobre a construção do conhecimento no mundo digital e as melhores técnicas para ensinar os alunos multimídia. O Ciclo de Debates Desafios da Educação da Blackboard, terá sua primeira edição na capital do Ceará e vai rodar o Brasil apresentando os caminhos possíveis para tornar o ensino superior mais conectado
e integrado aos interesses dos alunos.

Falta apenas 4 dias para o evento que contará com a participação de especialistas renomados de duas diferentes universidades (ESPM e Unifor), além dos consultores da Blackboard: Bruno Weiblen (diretor comercial do Grupo A) e Pavlos Dias (gerente da Blackboard no Brasil). O Ciclo de Debates acontecerá no Hotel Ponta Mar (Av. Beira Mar, 2200 – Meireles  Fortaleza. Fortaleza/CE), e tem início marcado para as 8h da manhã e término as 12h. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no link: http://blackboard.grupoa.com.br/desafios-da-educacao/fortaleza

Programação:
8h · Credenciamento/Café de boas-vindas
8h30 · Campus Tecnológico: Mais inteligência, mais aprendizagem – Prof. Henrique Sá (UNIFOR)
9h15 · Plataformas utilizadas hoje para a educação do amanhã – Prof. José Francisco Vinci de Moraes (ESPM)
10h · Intervalo
10h20 · Tendências do uso da tecnologia no ambiente educacional – Pavlos Dias (Blackboard Brasil)
10h40 · Painel de debate – A construção do conhecimento em um mundo digital – Mediador: Bruno Weiblen
12h · Encerramento – A próxima conexão do conhecimento – Bruno Weiblen (Blackboard Brasil)

Além de apresentar o que já tem sido feito nas universidades locais, o ciclo de debates vai aprofundar as discussões sobre as tendências do uso da tecnologia no ambiente educacional. “É importante que professores e gestores de universidades tenham em mente a melhor maneira de se aplicar a tecnologia em sala de aula. E é isso o que vamos colocar em debate, mostrando o que tem sido feito em outros países e traçando comparativos com a realidade local”, comenta Pavlos Dias, gerente da Blackboard Brasil.

Participe do Ciclo de Debates, faltam apenas 4 dias e a inscrição é gratuita!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Blackboard realiza Ciclo de Debates Desafios da Educação

Acontecerá no dia 10 de abril, em Fortaleza, no Hotel Ponte Mar, o Ciclo de Debate Desafios da Educação 2013. Na pauta do evento que inicia às 8h, os assuntos em destaque são a tecnologia aplicada ao aprendizado – dentro e fora da sala de aula – e as ferramentas que vêm transformando o ensino em todo o mundo. O Debate é concebido para educadores e experts em tecnologia educacional, responsáveis por melhorar o progresso e a eficiência da educação em suas instituições.

A Blackboard e o Grupo A, organizadores do evento,  acham que é extremamente importante entender e viabilizar o desenvolvimento da geração que vive e aprende conectada. Por isso, convida os interessados no assunto a conhecer e construir novas tendências para a educação.

As inscrições que são gratuitas podem ser feitas até o dia do evento pelo site, lá você ainda pode ter acesso a mais informações sobre o evento.

PROGRAMAÇÃO:

8h · Credenciamento/Café de boas-vindas

8h30 · Campus Tecnológico: Mais inteligência, mais aprendizagem – Prof. Henrique Sá (UNIFOR)

9h15 · Plataformas utilizadas hoje para a educação do amanhã – Prof. José Francisco Vinci de Moraes (ESPM)

10h · Intervalo

10h20 · Tendências do uso da tecnologia no ambiente educacional – Pavlos Dias (Blackboard Brasil)

10h40 · Painel de debate – A construção do conhecimento em um mundo digital – Mediador: Bruno Weiblen

12h · Encerramento – A próxima conexão do conhecimento – Bruno Weiblen (Blackboard Brasil)

FAÇA UM COMENTÁRIO

Veja mais posts

1

O Grupo A é representante exclusivo do Blackboard no Brasil.