Modelos de disciplinas no Analytics for Learn

analytics for learn

Quando se trata de design instrucional, qualidade importa mais do que quantidade. Então, como as instituições podem usar análise de dados da aprendizagem para encontrar o meio termo ideal entre padrão de design, estilo de ensino, pedagogia e resultados dos estudantes?
Em outubro de 2016, Dr. John Whitmer, Nicolas Nuñez e Diego Forteze, da Blackboard, analisaram uma amostra anônima que incluía dados de 3.374.462 alunos, inscritos em 70.000 cursos de 927 diferentes instituições. A pesquisa concluiu que o design das disciplinas no Blackboard Learn influencia o tempo que os alunos gastam, segundo um dos padrões típicos abaixo, que eles chamaram de “modelos”.

Modelos de disciplinas
Os cinco arquétipos básicos dos cursos descobertos pelos cientistas de dados da Blackboard:

  • Suplementar: Conteúdo pesado, baixa interação.
  • Complementar: Comunicação de uma via, com publicação de conteúdo, avisos e notas.
  • Social: Alta interação entre pares nos fóruns de discussão.
  • Avaliativo: Uso pesado de avaliações.
  • Holístico: Alta atividade de LMS com uso balanceado de avaliações, conteúdo e discussões.

Para ajudar as instituições a otimizarem as entregas de suas disciplinas por meio de padrão de design instrucional, a Blackboard agora construiu os modelos de disciplinas diretamente no Analytics for Learn.

Características principais

  • Categorização de disciplinas em modelos, baseada na atividade dos estudantes nas ferramentas, conforme os resultados da pesquisa;
  • Personalização da categoria de disciplina;
  • Seis novos relatórios entregues.

Modelo de dados expandido

A partir da versão 4.3.4 do Analytics for Learn, disciplinas podem ser categorizadas por modelo: suplementar, complementar, social, avaliativo ou holístico. Essas são as mesmas categorias descobertas pelo time de cientistas de dados da Blackboard, liderado por John Whitmer.
Ao incluir essas novas informações dentro do próprio modelo de dados, usuários do Analytics for Learn agora têm acesso para explorar, sozinhos, questões complexas relacionadas à forma como o modelo da disciplina afeta o sucesso do aluno em relação a uma grande variedade de fatores institucionais, demográficos e comportamentais.
Com esses dados em mãos, professores, designers instrucionais e reitores podem trabalhar para identificar o padrão que instrutores já estão usando e motivar importantes conversas sobre como ambiente virtual de aprendizagem pode complementar melhor os objetivos da instituição de ensino.

Novos relatórios

Ao estender nosso modelo de data para incluir essa valiosa informação, nós estamos fornecendo aos clientes do Analytics for Learn uma gama única e radicalmente estendida de possiblidades de relatórios de design instrucional e métricas de aprendizado. Mas nós também incluímos diversos novos relatórios para ajudar as instituições a responderem importantes questões, como:

  • Quantas disciplinas de cada modelo existem em minha instituição de ensino?
  • Como as distribuições de modelos de disciplina estão mudando ao longo do tempo?
  • Qual é o tamanho médio das aulas em cada modelo?
  • Como as disciplinas agrupadas sob cada modelo se comparam em termos de contagem, tamanho e marcadores de engajamento?
  • Como as disciplinas agrupadas sob cada modelo se comparam em termos de horas médias de atividade por ferramenta?

Relatórios gerados a partir dos modelos de disciplinas

  • Atribuição da disciplina ao modelo por termo/período;
  • Distribuição de disciplinas por modelo;
  • Tamanho médio da disciplina por modelo;
  • Resumo do modelo da disciplina;
  • Atividade do modelo de disciplina por ferramenta (horas-média);
  • Atividade do modelo da disciplina por ferramenta (média de tempo de disciplina).

Blackboard Intelligence

Blackboard Intelligence é um conjunto de aplicativos de data warehouse, análise de dados e relatórios integrados para Blackboard Learn (Analytics for Learn). Blackboard Intelligence se integra a sistemas ERP, possibilitando que as instituições de ensino superior levantem um robusto data warehouse em questão de meses, não anos. Ele incrementa o desempenho institucional por meio do aumento da qualidade da informação, produtividade, insights e resultados.
Para mais informações, visite Blackboard Analytics.

Analytics for Learn

Analytics for Learn oferece um acesso sem precedentes a dados atuais sobre atividades de aprendizado. Ele permite que administradores, designers instrucionais, instrutores e estudantes alinhem o que acontece em sala de aula com os objetivos de retenção e graduação de sua instituição.
Para mais informaçõe visite a página do Analytics ou entre em contato com um consultor da Blackboard no Grupo A.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Na Universidade de Groningen, os alunos gerenciam sua própria experiência de aprendizagem

Universidade de Groninger

Com uma forte tradição acadêmica que oferece pesquisa e ensino de alta qualidade, a Universidade de Groningen, fundada em 1614, investe em agilidade nas mudanças para se manter no topo das tabelas internacionais de classificação universitária. A instituição se tornou mais inovadora, robusta e resiliente no uso da tecnologia para continuar crescendo, sempre com foco em quatro pontos:

> Otimizar a experiência online do aluno, dando suporte ao crescimento internacional;
> Personalizar as experiências de ensino e aprendizado dos alunos;
> Desenvolver estratégias de avaliação e feedbacks eficientes;
> Criar eficiências institucionais e acadêmicas por meio da integração dos sistemas.

>> Saiba como a tecnologia pode ajudar sua instituição a atingir suas metas estratégicas

Usuária desde 1999 do Blackboard Learn, a instituição incorporou também, em 2010, o Blackboard Managed Hosting. A iniciativa proporcionou uma experiência melhor e mais estável para seus professores e alunos, além de desonerar a universidade dos riscos operacionais de hospedar internamente o ambiente virtual de aprendizagem, permitindo a expansão do uso.

“A transição permitiu que a instituição se concentrasse na missão central de educação – e não em gerenciar tecnologia”, defente Louwarnoud Van Der Duim, responsável por suporte e inovação educacional do Centro de Tecnologia da Informação da Universidade de Groningen.

Envolvimento dos alunos na gestão de sua experiência educacional
O segundo passo foi empregar alunos para ajudar a dar suporte ao ambiente de aprendizagem, desenvolvendo novas aplicações e serviços institucionais. Além disso, possibilita parceria, colaboração, envolvimento e tomadas de decisões dos alunos em todos os níveis, colocando-os no controle de sua própria experiência de aprendizagem.

Aplicação de avaliações digitais
Desde a transição para uma solução de hospedagem gerenciada, a Universidade de Groningen aplica provas online, incluindo a submissão de avaliações dissertativas durante até 15 horas por dia, seis dias por semana. A principal meta dessa mudança para o digital é melhorar a qualidade das provas, fornecendo ao aluno tecnologia que o ajuda na pesquisa, no desenvolvimento e na submissão de seus textos. Isso aumentou a qualidade das avaliações de muitos estudantes. No primeiro ano, 200 professores marcaram provas online, poupando 6600 horas acadêmicas de correção e submissão de notas.

Redução nos níveis de evasão
A universidade registrou melhorias consideráveis na redução dos índices de evasão e no aprimoramento das taxas de sucesso no nível de graduação. Utilizando dados do Sistema Acadêmico e da Blackboard, a Groningen desenvolveu um sistema de alerta para que os acadêmicos fiquem atentos ao desempenho dos alunos. Essas informações são usadas a fim de proporcionar auxílio e suporte adicionais para evitar a desistência.

“Nós estamos estruturados de forma que o estudante tem liberdade para, se quiser, montar sua própria grade de horários. Nós não apenas oferecemos isso através da nossa versão web do ambiente Blackboard, mas também possuímos uma versão mobile onde mostramos exatamente as mesmas informações, para que eles possam acessá-las onde quer que estejam”, conta Lisette Bakalis, gerente de projetos responsável pelo ambiente virtual de aprendizagem da universidade.

Está com dificuldades para implementar a tecnologia em sua instituição? Baixe nosso Guia de Adoção da Tecnologia e tire suas dúvidas.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Os seis pilares da inovação no Blackboard

Mark Strassman

Estou na Blackboard pouco mais de dois anos, já que ingressei no verão de 2013. Quando eu comecei, a Blackboard já havia construído uma empresa de enorme sucesso com os melhores produtos do mundo para a K-12, ao ensino superior e instituições empresariais e governamentais. Fiquei impressionado com o quão apaixonada e comprometida a equipe era com os nosso clientes e como buscavam melhorar a forma como a educação é entregue.

Ao mesmo tempo, nossos produtos tinham sido projetados, desenvolvidos e vendidos separadamente. Por exemplo, a  Blackboard liderou o mercado em muitas categorias e, de fato, popularizou o Learning Management System (LMS) e continuamos a liderar o mercado com nossos produtos de LMS e Moodle, adicionando mais e mais funcionalidade para os usuários mais fervorosos e fiéis. Além disso, a Blackboard também criou um “Dilema Inovador”, onde servimos nossos clientes X com foco nas necessidades emergentes do usuários: a crescente demanda de alunos que usam nossos produtos todos os dias. Parte de nossa jornada nos últimos dois anos tem sido a de continuar a apoiar o administrador de TI e o usuário, enquanto reorientamos a empresa para servir um adicional e, possivelmente, o público mais importante, o estudante.

Desde 2013, transformamos a Blackboard e nossos produtos para impulsionar a inovação que atende às novas necessidades.

Esta transformação tem se concentrado em seis pilares fundamentais:

1) Concentre-se no aluno

Alunos de hoje estão imersos em tecnologia. Eles cresceram com ela e têm um conjunto diferente de expectativas e necessidades. Querem, cada vez mais, opções flexíveis e que o investimento em sua experiência educacional seja positivo. Querem e precisam de uma experiência integrada, holística e sempre online. Com quase 100 milhões de alunos que utilizam nosso software, a Blackboard precisava dar um passo atrás e olhar para a forma de trazer a nossa tecnologia em conjunto com a experiência educacional para esses usuários. Ao mudar drasticamente o nosso foco para as necessidades dos alunos estamos criando experiências de consumo que os alunos querem nas plataformas e dispositivos onde eles “vivem”.

2) Comprometer-se a apoiar o novo aluno em toda a sua jornada

A aprendizagem não está vinculada a um limite de idade, status socioeconômico ou aos limites de uma instituição. Assim, a tecnologia e o conteúdo que oferecem aprendizagem “a qualquer hora, em qualquer lugar”, o ensino deve estar sempre disponível para o aluno. A Blackboard tem fornecido soluções em K-12, Ensino Superior e em ambientes de aprendizagem corporativo e no governo por um longo tempo. Agora estamos nos concentrando em unir essas experiências, permitindo e possibilitando a participação em todos os segmentos e entre as instituições, convidando o aluno participar, envolvendo e melhorando sua experiência de aprendizagem. Ao mesmo tempo, estamos permitindo que os alunos tragam suas identidades, perfis, competências, experiências e conteúdo ao longo de sua jornada de aprendizagem ao longo da vida.

3) Construir experiências para os usuário que respondam às necessidades emocionais dos alunos

Juntamente com a ênfase no aluno, estamos usando práticas centradas em design thinking e mudar a nossa cultura para se concentrar nas experiências dos alunos. Estamos indo ao encontro do que usam em tecnologia, educação e, mais importante, suas necessidades emocionais, criando soluções que sejam fáceis, intuitivas e divertidas. Líder de design da Blackboard, Jon Kolko, defendeu os benefícios do design thinking para reimaginar a educação. Agora estamos “abraçando” isso como um diferencial e uma maneira de mudar a nossa cultura de tal forma para atender os alunos e construir soluções para atender às suas necessidades.

4) Criar fluxos de trabalho, não produtos

A Blackboard construiu e adquiriu o melhor portfólio de produtos em educação tecnológica. Até pouco tempo, todos eles foram projetados e construídos separadamente – apesar do fato de que a maioria dos nossos clientes utilizam e possuem mais de um de nossos produtos. Nós achamos que facilitaria integrar todos eles para criar um fluxo de trabalho contínuo. Então, nós nos propusemos a fazer exatamente isso – o que resultou na Novo Experiência de Aprendizagem (NEA). Agora, nós investimos nosso tempo resolvendo os fluxos de trabalho de educação holística e como as combinações de tecnologias de toda a Blackboard podem gerar melhores experiências para os alunos e as instituições que o utilizam.

5) “Forneça” um ambiente acessível, atualizado e online

Fato pouco conhecido: a maioria dos produtos da Blackboard tem sua base na nuvem. Oferecemos uma gama de opções e mais flexibilidade para aqueles que utilizam nossas soluções Blackboard. Por quê? Porque um tamanho “limitado” não serve para todos no sistema educacional complexo de hoje e queremos garantir que cada cliente tenha a qualidade, confiabilidade e, continuamente, a entrega de inovação para os alunos que utilizam as nossas ferramentas.

6) Integrando dados e análises

Com dezenas de milhões de usuários utilizando dezenas de produtos, a Blackboard utiliza uma base de dados para ajudar os alunos a melhorarem seus resultados. Temos, tradicionalmente, focado em análises em nossos sistemas – o Bb Analytics, por exemplo, é a solução líder hoje para ajudar as instituições a analisarem e compartilharem informações. Acreditamos que há muito mais a realizar quando nos integramos e olhamos através dos dados de todos estes sistemas e domínios juntos.

Durante o ano passado, enviamos novos produtos e soluções que proporcionam a implantação destes seis pilares fundamentais. Isso me deixa muito orgulhoso. Estamos verdadeiramente cumprindo o que estamos chamando de Nova Experiência de Aprendizagem, construindo sobre estes pilares para promover uma maior colaboração, interação e aprendizagem de qualidade. Acreditamos que através da entrega de tecnologia, serviços e recursos de dados de ponta, nós podemos ajudar a fazer a diferença na satisfação das necessidades dos alunos e dirigir seu sucesso.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Você já parou para aprender com os estudantes?

aprender com os alunos

Observar as diferentes formas de aprendizado e as características dos estudantes é fundamental para entender, aproximar e engajar alunos nas atividades realizadas. A Blackboard, por exemplo, levou em conta os quase 600 estudante e os mais de 600 instrutores em 640 escolas para projetar a plataforma Blackboard Learn. Juntos, estudantes, professores, orientadores e instituições colaboraram com ensinamentos indispensáveis para deixar a plataforma mais simples, intuitiva e centrada no usuário.

Se todos têm muito a aprender, com a Blackboard não é diferente: como os alunos aprendem? Como o professor ensina? As respostas a estas perguntas levaram a uma plataforma pensada para que as tarefas diárias ganhem mais eficiência, com ferramentas que envolvem e motivam o aluno, incluindo dispositivos móveis e outras tecnologias no processo.

Dentre as principais facilidades para educadores estão a opção para testar perguntas de prova para descobrir quais funcionam melhor, otimização do tempo de confirmação de presença (chamada), acesso ao perfil, atualizações, pessoas e postagens, assim como acesso ao cursos, organizações e ajustes.

Conheça mais sobre a plataforma Blackboard Learn e saiba tudo que ela pode oferecer para que você, assim como nós, possa aprender com os alunos!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Blackboard Learn: saiba como funciona essa plataforma


Blackboard Learn é uma plataforma completa, que ajuda a reunir as interações presenciais e também virtuais. É o conjunto de ferramentas adequado para oferecer uma experiência de aprendizagem mais eficaz, conectando os alunos com o seus colegas pelo mundo todo e permitindo que os professores se comuniquem com seus alunos a qualquer momento.

Veja o vídeo completo sobre a plataforma:

FAÇA UM COMENTÁRIO

Veja mais posts

12

O Grupo A é representante exclusivo do Blackboard no Brasil.