Os seis pilares da inovação no Blackboard

Mark Strassman

Estou na Blackboard pouco mais de dois anos, já que ingressei no verão de 2013. Quando eu comecei, a Blackboard já havia construído uma empresa de enorme sucesso com os melhores produtos do mundo para a K-12, ao ensino superior e instituições empresariais e governamentais. Fiquei impressionado com o quão apaixonada e comprometida a equipe era com os nosso clientes e como buscavam melhorar a forma como a educação é entregue.

Ao mesmo tempo, nossos produtos tinham sido projetados, desenvolvidos e vendidos separadamente. Por exemplo, a  Blackboard liderou o mercado em muitas categorias e, de fato, popularizou o Learning Management System (LMS) e continuamos a liderar o mercado com nossos produtos de LMS e Moodle, adicionando mais e mais funcionalidade para os usuários mais fervorosos e fiéis. Além disso, a Blackboard também criou um “Dilema Inovador”, onde servimos nossos clientes X com foco nas necessidades emergentes do usuários: a crescente demanda de alunos que usam nossos produtos todos os dias. Parte de nossa jornada nos últimos dois anos tem sido a de continuar a apoiar o administrador de TI e o usuário, enquanto reorientamos a empresa para servir um adicional e, possivelmente, o público mais importante, o estudante.

Desde 2013, transformamos a Blackboard e nossos produtos para impulsionar a inovação que atende às novas necessidades.

Esta transformação tem se concentrado em seis pilares fundamentais:

1) Concentre-se no aluno

Alunos de hoje estão imersos em tecnologia. Eles cresceram com ela e têm um conjunto diferente de expectativas e necessidades. Querem, cada vez mais, opções flexíveis e que o investimento em sua experiência educacional seja positivo. Querem e precisam de uma experiência integrada, holística e sempre online. Com quase 100 milhões de alunos que utilizam nosso software, a Blackboard precisava dar um passo atrás e olhar para a forma de trazer a nossa tecnologia em conjunto com a experiência educacional para esses usuários. Ao mudar drasticamente o nosso foco para as necessidades dos alunos estamos criando experiências de consumo que os alunos querem nas plataformas e dispositivos onde eles “vivem”.

2) Comprometer-se a apoiar o novo aluno em toda a sua jornada

A aprendizagem não está vinculada a um limite de idade, status socioeconômico ou aos limites de uma instituição. Assim, a tecnologia e o conteúdo que oferecem aprendizagem “a qualquer hora, em qualquer lugar”, o ensino deve estar sempre disponível para o aluno. A Blackboard tem fornecido soluções em K-12, Ensino Superior e em ambientes de aprendizagem corporativo e no governo por um longo tempo. Agora estamos nos concentrando em unir essas experiências, permitindo e possibilitando a participação em todos os segmentos e entre as instituições, convidando o aluno participar, envolvendo e melhorando sua experiência de aprendizagem. Ao mesmo tempo, estamos permitindo que os alunos tragam suas identidades, perfis, competências, experiências e conteúdo ao longo de sua jornada de aprendizagem ao longo da vida.

3) Construir experiências para os usuário que respondam às necessidades emocionais dos alunos

Juntamente com a ênfase no aluno, estamos usando práticas centradas em design thinking e mudar a nossa cultura para se concentrar nas experiências dos alunos. Estamos indo ao encontro do que usam em tecnologia, educação e, mais importante, suas necessidades emocionais, criando soluções que sejam fáceis, intuitivas e divertidas. Líder de design da Blackboard, Jon Kolko, defendeu os benefícios do design thinking para reimaginar a educação. Agora estamos “abraçando” isso como um diferencial e uma maneira de mudar a nossa cultura de tal forma para atender os alunos e construir soluções para atender às suas necessidades.

4) Criar fluxos de trabalho, não produtos

A Blackboard construiu e adquiriu o melhor portfólio de produtos em educação tecnológica. Até pouco tempo, todos eles foram projetados e construídos separadamente – apesar do fato de que a maioria dos nossos clientes utilizam e possuem mais de um de nossos produtos. Nós achamos que facilitaria integrar todos eles para criar um fluxo de trabalho contínuo. Então, nós nos propusemos a fazer exatamente isso – o que resultou na Novo Experiência de Aprendizagem (NEA). Agora, nós investimos nosso tempo resolvendo os fluxos de trabalho de educação holística e como as combinações de tecnologias de toda a Blackboard podem gerar melhores experiências para os alunos e as instituições que o utilizam.

5) “Forneça” um ambiente acessível, atualizado e online

Fato pouco conhecido: a maioria dos produtos da Blackboard tem sua base na nuvem. Oferecemos uma gama de opções e mais flexibilidade para aqueles que utilizam nossas soluções Blackboard. Por quê? Porque um tamanho “limitado” não serve para todos no sistema educacional complexo de hoje e queremos garantir que cada cliente tenha a qualidade, confiabilidade e, continuamente, a entrega de inovação para os alunos que utilizam as nossas ferramentas.

6) Integrando dados e análises

Com dezenas de milhões de usuários utilizando dezenas de produtos, a Blackboard utiliza uma base de dados para ajudar os alunos a melhorarem seus resultados. Temos, tradicionalmente, focado em análises em nossos sistemas – o Bb Analytics, por exemplo, é a solução líder hoje para ajudar as instituições a analisarem e compartilharem informações. Acreditamos que há muito mais a realizar quando nos integramos e olhamos através dos dados de todos estes sistemas e domínios juntos.

Durante o ano passado, enviamos novos produtos e soluções que proporcionam a implantação destes seis pilares fundamentais. Isso me deixa muito orgulhoso. Estamos verdadeiramente cumprindo o que estamos chamando de Nova Experiência de Aprendizagem, construindo sobre estes pilares para promover uma maior colaboração, interação e aprendizagem de qualidade. Acreditamos que através da entrega de tecnologia, serviços e recursos de dados de ponta, nós podemos ajudar a fazer a diferença na satisfação das necessidades dos alunos e dirigir seu sucesso.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Como engajar alunos, professores e universidade no aprendizado

como engajar alunos

O uso da tecnologia na educação tem mostrado que, ao oferecer uma experiência de aprendizado mais colaborativa e interativa, é possível – entre outras coisas – envolver todos os alunos como nunca se conseguiu antes. E esse é o objetivo da plataforma Blackboard Collaborate™. Com ela, é possível criar salas de aula, escritórios e salas de reunião virtuais, abrindo mais possibilidades de interação entre alunos, professores e instituição. Isso porque a plataforma é capaz de oferecer novas abordagens de aprendizado em grupo e, ao mesmo tempo, envolver cada aluno individualmente.

O Blackboard Collaborate combina as habilidades dos líderes do setor, Wimba e Elluminate, proporcionando uma plataforma de aprendizado abrangente e destinada especificamente para o ensino. Ele já está ajudando milhares de instituições de ensino, organizações profissionais, corporativas e governamentais em todo o mundo a proporcionar uma experiência mais eficaz de aprendizado.

Trata-se de uma grande possibilidade de envolver mais alunos e melhorar os resultados. Saiba mais sobre a plataforma e como ela pode melhorar o engajamento entre alunos, professores e a universidade como um todo.

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Conheça a Blackboard Collaborate

Blackboard Collaborate é uma ferramenta de web conferência que proporciona para sua escola ou negócio uma experiência colaborativa e interativa via computador, tablet ou dispositivo móvel. O objetivo da plataforma é ajudar na criação de salas de aula, escritórios e salas de reunião virtuais que abrem mais possibilidades a mais alunos.

Com o Blackboard Collaborate, você pode oferecer novas abordagens de aprendizado em grupo e, ao mesmo tempo, envolver cada aluno em nível individual, oferecendo uma experiência de aprendizado mais colaborativa e interativa, que envolverá a todos os alunos.

Veja o vídeo:

FAÇA UM COMENTÁRIO

I-UMA realiza Agrifórum Virtual através da plataforma Blackboard Collaborate

O objetivo da plataforma Blackboard Collaborate é inserir um aprendizado abrangente destinado a ajudar milhares de instituições de ensino, organizações profissionais, corporativas e governamentais em todo o mundo a proporcionar uma experiência mais eficaz de um aprendizado interativo, online, integrado e móvel. A plataforma colabora na criação de salas de aula, escritórios e salas de reunião virtuais que abrem mais possibilidades de interação.
Um dos clientes da Blackboard, I-UMA (Instituto Universal de Marketing em Agribusiness) juntamente com a Editora Gazeta, estará realizando o Agrifórum Virtual, uma web conference desenvolvida por meio da plataforma Blackboard Collaborate.
O Agrifórum Virtual ocorrerá com o Professor Wellington Pacheco Barros, conferencista e autor de diversas obras em Direito Agrário e Ambiental e mediação do jornalista e editor da Editora Gazeta Romar Beling. O evento que tratará sobre o Direito Agrário e Ambiental no Agronegócio, será realizado no próximo dia 25 de fevereiro, das 13h00 às 13h30 e sempre na última terça-feira de cada mês.
A ideia do evento é reunir personalidades do agronegócio, convidados especiais, autoridades, lideranças empresariais e especialistas para tratar de temas de maior relevância no cenário do agronegócio nacional e internacional.

Para participar você pode inscrever-se no site e, após realizar a inscrição, aguarde o link que será enviado no dia do evento para o acesso ao AGRIFÓRUM VIRTUAL. Durante o evento você poderá enviar suas perguntas ao palestrante através do Bate-Papo.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Blackboard Collaborate App permite aulas em dispositivos móveis

A fim de aumentar o engajamento dos alunos com as aulas, a Blackboard possui um aplicativo mobile que permite a participação interativa dos estudantes por videoconferência através de tablets e smartphones. O app, Blackboard Collaborate Mobile, possibilita a participação do aluno em tempo real, interagindo por meio de chat e áudio, respondendo a perguntas e enquetes, acompanhando as interações dos outros participantes das seções e visualizando todo o conteúdo compartilhado, por meio de seu smartphone. “A educação já mudou e os estudantes querem cada vez mais novas oportunidades de aprendizado móvel e social a um ritmo acelerado”, afirma Bruno Weiblen, gerente da Blackboard no Brasil.

 O aplicativo não serve só para atender uma necessidade dos alunos. Ele também responde a anseios das universidades e colégios e a um grande interesse entre os usuários referente a suporte móvel para a sua colaboração mútua e para iniciativas de conferência via web. Afinal a utilização de tablets e smartphones em sala de aula deve ser uma constante até o final do ano. Isso porque, devido à portabilidade e à facilidade de manuseio, os tablets são os dispositivos ideais para aulas e trabalhos em campo.

 O Blackboard Collaborate Mobile, antes de ser utilizado no Brasil, foi testado em universidades dos Estados Unidos. “A profunda integração do Blackboard Collaborate com a nossa tecnologia de e-learning e a flexibilidade do cliente móvel permitem que acomodemos nossos objetivos de colaboração em tempo real”, comenta Allen Taylor, diretor do departamento de tecnologia da Marshall University. Marcel Bechtoldt, administrador principal de sistema e palestrante sênior da University of Missouri-St. Louis, completa: “Testemunhamos um crescimento anual de dois dígitos no uso de acesso móvel por nosso corpo docente e discente ao nosso sistema de gestão de aprendizado, o Blackboard Learn. Poder contar com um aplicativo de colaboração móvel como o Blackboard Collaborate Mobile é a cereja do bolo para a nossa universidade no que diz respeito ao fornecimento de programas de diplomação inovadores que nossos estudantes tanto merecem”.

Fonte: grupoa.com.br

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Veja mais posts

12

O Grupo A é representante exclusivo do Blackboard no Brasil.