Seis atitudes que tornam especial o professor de EAD

professor de ead

A educação a distância já é uma realidade no Brasil e diversas instituições já concorrem para atrair mais alunos. Além disso, há uma cobrança sobre a qualidade desses cursos online, tornando-se cada vez mais importante que os professores atinjam as expectativas da IA.

Os alunos também esperam mais dos cursos. Hoje, a maioria dos tutores reconhece a importância de conhecer seus estudantes pelo nome nos fóruns de discussão e de oferecer feedbacks consistentes em seus trabalhos e tarefas. No entanto, há muito mais coisas a se fazer.

Veja a seguir seis atitudes que o professor de EAD deve tomar para levar uma experiência mais positiva a seus alunos.

1. Comunique-se usando vários canais

Se você tiver um comunicado importante a passar para seus alunos, não use apenas um canal, use múltiplos. Por exemplo, em vez de publicar as informações apenas na área de anúncios, escrever na página de comentários ou enviar um e-mail, faça os três. Isso reduzirá o número de estudantes dizendo que não recebeu o comunicado. Publicar as informações em tantos lugares quanto possível resultará numa pulverização da comunicação. Tente utilizar todas as possibilidades que o LMS de sua instituição oferece.

2. Receba os e-mails da escola em seu telefone

Descubra em sua instituição como sincronizar sua conta de e-mail profissional em seu celular. Não só o recebimento de e-mails em vários lugares reduzirá a possibilidade de você perder uma mensagem, mas também permitirá que dê uma resposta rápida a questões e preocupações urgentes. Mas estabeleça limites: informe a seus alunos que você responde normalmente dentro de 24 horas, durante o horário comercial normal. Isso ajudará a manter o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

3. Tenha contas nas redes sociais

E as utilize para incentivar e compartilhar informações com os alunos. Você também pode criar uma conta no Instagram para que os alunos possam incluir citações motivacionais, memes, lembretes, dicas, etc. Você pode até incluir uma foto sua, para que os estudantes conheçam seu professor de EAD.

4. Mantenha uma lista de recursos para incluir no feedback

Quando for fazer uma crítica ou apontar um erro em alguma tarefa, inclua também recursos que o estudante pode usar para lidar com a dificuldade. Por exemplo, se você nota em um artigo que o estudante não sabe regras de uso de vírgulas, aponte o erro e inclua materiais complementares e indicação de sites onde ele pode buscar conhecimento para resolver as dúvidas.

5. Crie um fórum

Use o Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem para criar um fórum fixo, onde os alunos encontrem informações úteis e façam perguntas sobre o curso. Se você notar que a maioria dos alunos tem dificuldade sobre um ponto específico da matéria, neste fórum deixe respostas para as perguntas frequentes e indique recursos sobre o assunto.

6. Reflita sobre seu ensino

Pergunte-se constantemente, duas ou três vezes por mês: o que pode ser melhorado em suas interações individuais com os alunos? O que você pode fazer para tornar determinado assunto atraente e memorável? O que falta na sua aula?

Deixe uma resposta

O Grupo A é representante exclusivo do Blackboard no Brasil.