Livros impressos já começam a ser substituídos por tablets no Brasil

Algumas escolas aqui no Brasil já estão exigindo tablets na lista de material escolar, que substituirão os livros. As instituições de ensino argumentam, com a devida razão, que o tablet é uma ferramenta de aprendizagem, no qual, todo conteúdo da versão impressa será colocado nessa nova tecnologia, poupando peso e papel, que consequentemente ajuda o meio ambiente. O custo desse recurso pode não se diferenciar muito do material impresso, o que faz dele uma ferramenta ainda melhor.

Dentro de apenas um aparelho móvel, além de 12 mil livros digitais em média, ainda podem ser armazenadas fotos, videoaulas, bloco de anotações, etc. Tudo isso com um consumo muito baixo de energia elétrica.

Nos livros digitais, assim como os impressos, também irão conter atividades com espaço para os alunos responderem questões. Porém, não serão abandonadas as atividades impressas, bem como provas e trabalhos.

A ideia de muitas escolas é implantar definitivamente o tablet como material escolar em 2014. Em 2013, serão apenas testados, para analisar o rendimento e a satisfação do aluno.

Confira no infográfico abaixo, mais dados dessa tecnologia que invade as salas de aula:

Fonte referência: porvir.org; nomundodoslivros.com

Deixe uma resposta

O Grupo A é representante exclusivo do Blackboard no Brasil.