Estratégias de captação: você sabe quem é seu aluno alvo?

estrategias-de-captacao

Para aumentar o número de matrículas em sua Instituição de Ensino, é preciso pensar como um estudante. Para isso, é melhor ter uma imagem clara de quem é esse aluno. Considerando a mudança demográfica do estudante universitário de hoje, sabe-se que não existe mais o estudante típico – ou tradicional. Isso significa que uma estratégia de captação única para todos os seus públicos, provavelmente, não funcionará.

Então, como você atende a um público cada vez mais amplo e diversificado, tornando ainda assim a mensagem direcionada e personalizada? É preciso fazer um exercício de segmentação de audiência: dividir um público potencial em subgrupos menores, criando estratégias de mensagens e divulgação específicas.

Essa segmentação pode ajudar a instituição a identificar e priorizar seus diferentes públicos-alvo; adaptar suas mensagens de forma direta às suas necessidades; direcioná-las de forma mais eficiente e, finalmente, alcançar mais alunos e aumentar as inscrições.

Para começar, responda a essas três perguntas:

Quem são eles?

Conduza pesquisas internas e externas para criar um perfil de sua população estudantil. Pense além dos termos demográficos: quantos anos eles têm? Qual o seu gênero e contexto cultural? Onde vivem? Quais são suas crenças e valores, seus hobbies e interesses? São solteiros, casados, moram sozinhos? Têm filhos? Um pai solteiro que trabalha em tempo integral terá necessidades e motivações muito diferentes de um jovem profissional que procura um MBA para tentar uma promoção no trabalho.

O que os motiva?

O segundo passo é pensar nas motivações desse público para se inscrever. Eles são graduados que procuram maior especialização? São desempregados em busca de novas habilidades ou credenciais profissionais para mudar de carreira? Ou são pessoas maduras que voltam aos estudos em busca da satisfação pessoal de completar algum curso?

Conhecer as necessidades do público-alvo irá ajudá-lo a entender o que é mais importante para eles e a adaptar suas mensagem de marketing de acordo.

Onde você pode encontrá-los?

Ao definir a demografia e os interesses de seus alunos, você pode começar a entender como e onde eles procuram informações. Que sites ou canais de mídia eles frequentam? Existem muitos recursos online para descobrir quais canais os públicos segmentados são mais propensos a usar.

Você também deve pensar sobre a tecnologia que eles provavelmente usarão. Se estiverem sempre em movimento e lerem e-mails em um dispositivo móvel, certifique-se de que sua comunicação digital está otimizada para smartphones e tablets.

Uma vez que você começa a responder a essas perguntas, alguns perfis distintos de seus potenciais alunos irão surgir. Mas não pense neles em termos de dados e estatísticas: você pode escolher um personagem para cada perfil de público-alvo, dando a ele um nome, um rosto, uma idade.

Com esse retrato de seus alunos em mente, sua características, necessidades e motivações únicas, pense no que eles esperam e querem ouvir de você… E não no que você tem a dizer para eles.

Continue sua leitura: Veja 4 ações imediatas para aumentar o número de matrículas em sua instituição

Deixe uma resposta

O Grupo A é representante exclusivo do Blackboard no Brasil.